Boletim de CEAJ

Boletim # 6

Steyl - Dezembro de 2006

SVD / SSpS / SSpSAP


Saudações de Natal e Ano Novo, da Equipe Central de Steyl .

Temos um NOVO ENDEREÇO ELETRÔNICO: ajscsteyl@gmail.com

Por favor, use este endereço para comunicar-se com CEAJ.

 

 Neste Número:

1.     A morte de uma pioneira – Ir. Clarette Ramirez, S.Sp.S.

2.     Ir. Matilde destinada a trabalhar no Brasil

3.     Jesus nas ruas de Berlin – Por Ir. Matilde Sacardo,S.Sp.S.

4.     Notícias das Províncias

5.     Palavras animadoras – Capítulo Geral SVD

6.     Atividades do CEAJ – Junho a Dezembro de 2.006

7.     Publicações S.Sp.S.

8.     Mantendo contato

 


 

1. A morte de uma pioneiraIr. Clarette Ramirez, S.Sp.S. (1917 – 2.006)

Em maio de 2.006 chegaram notícias da morte de Ir. Clarette Ramirez, S.Sp.S . Ir. Clarette foi um membro pioneiro do CEAJ. Ela ficou apenas 3 anos em Steyl, mas sua contribuição para o desenvolvimento do CEAJ foi muito importante. Pe. Tony Pates, que foi também um dos primeiros membros, escreve: "Ir. Clarette, uma da geração fundadora, deu um enfoque bem claro ao CEAJ, quanto ao processo inicial, metodologia contextualizada e reflexão experiencial na animação espiritual. Pela sua tremenda capacidade de preparar módulos dentro do processo inicial, o Pe. Heerkeren costumava chamá-la "Irmã Modulatrix" – e nós dávamos boa risadas... Guardo no meu coração o legado de Ir. Clarette para minha própria vida, por ser criativamente ousada, por arriscar confiantemente, por ser apaixonadamente comprometida com qualquer pequena abertura e desafio do Espírito Santo. Fui abençoado por viajar com ela em um dos retiros dirigidos, quando Ir. Clarette foi conduzida pelo Espírito para se familiarizar com a   amável Trindade, que a abraçou totalmente  como uma pequena amada,  em seu sofrimento físico."

No regresso para as Filipinas, ela continuou o trabalho de animação como membro do CEAJ na Província da Trindade, colocando ênfase especial nos programas para e com os leigos. Apesar de sua saúde frágil, Ir.Clarette permaneceu sempre enérgica e criativa na preparação dos novos programas de animação espiritual. Podemos encontrar sua reflexão "SSpS. – Mulheres Discípulas de Jesus, o Missionário, vivendo uma contemplativa atitude de discernimento" – no 'folder' AJSC no 'website' do Generalato SVD. Que ela,   Henry e Setyawan continuem a encorajar a todos nós no ministério que  ambos tanto amavam, a animação espiritual.

 

2. Ir. Matilde destinada a trabalhar no Brasil

No fim de junho, Ir. Matilde Sacardo voltou ao Brasil. Matilde foi membro da Equipe Central em Steyl desde fevereiro de 2.004. Ela continua  trabalhando com a Equipe em vários programas, em português. Assim, ajudou Ir. Franziska com  retiros no Brasil, em agosto e setembro. E, a pedido da Equipe, vai continuar a conduzir um seminário e retiro para as SSpS. em Moçambique, África, em janeiro de 2.007. Antes de voltar para sua pátria, Ir. Matilde fez um  retiro-de-rua  em Berlim. Ela se encontrava uma vez por dia com o guia do retiro, para falar sobre o que havia vivenciado, mas a maior parte do tempo ficava nas ruas de Berlin.Veja seu relatório, a seguir.

 

3. Jesus nas ruas de BerlinPor Ir. Matilde Sacardo,S.Sp.S.

Meu bom Deus, ajuda-me a conhecer-Te, amar-Te e servir-Te . Assim comecei meu retiro-de-rua em Berlin. Na verdade, com muita ansiedade, por causa do local desconhecido e da língua. Eu saía de casa de manhã, sem destino certo. Meu Deus, onde estás?  – Numa praça havia um local para encontro de pessoas idosas. Sentei-me perto de um senhor e comecei a conversar com ele. O bom velhinho não se conteve: "O que você deseja?" – Mais tarde, depois de me contar um pouco de sua história, ele disse: "Você tem um grande coração. Obrigado." – Depois, tentei conversar com uma senhora e outras pessoas.

As poucas Igrejas que encontrei estavam fechadas, então   perguntei  se existia por ali alguma que estivesse aberta. Levaram-me a uma Igreja Evangélica de São Tomé. Entrando lá me senti em casa, um lugar para oração silenciosa. No silêncio do meu coração, o Espírito Santo me deu 3 palavras: 1. Dar, 2. Transformar, 3. Celebrar. Experimentei    uma paz interior e me senti aceita. Foi o meu primeiro dia.

No dia seguinte, busquei em oração o "meu nome'' para Deus, e Quem ele é para mim. Estava chovendo. Então permaneci o maior tempo na Igreja. Rezei: " Santo Espírito, revela Deus para mim: quem Ele é para mim!"

E permaneci quieta. Então, que surpresa! No primeiro dia eu tinha procurado as pessoas e agora no segundo dia as pessoas vieram a mim. O senhor que tocava órgão desceu e disse: "Você é a única pessoa que ouviu a música que toquei." Eu lhe disse: "Foi muito bonito, obrigada. Ouvi com o coração." Este senhor me revelou o meu nome para Deus -   Pai Compassivo – um Deus que vem ao encontro de seu povo. Lembrei-me de um texto do Êxodo, 3. Li o texto. Uma palavra ecoou no meu coração. "Eu estou com você." – Por longo tempo eu havia experimentado Deus como um Pai, mas agora ele tinha um nome. Fui visitada uma segunda vez: Um senhor chamado Smily veio conversar comigo e depois me convidou para tomar café com ele. Nesses dois senhores, o Pai Compassivo me visitou.  

Assim, continuei buscando a sarça ardente onde Deus está. Cada dia senti que Deus estava me transformando para ser mais aberta, mais pobre, mais humana... algumas vezes chorei, mas senti que uma chuvinha leve estava me lavando, limpando o lixo do meu coração. Visitei o Campo de Concentração de Sachsenhause, Entrando, "tirei meus sapatos",   pois estava pisando em solo sagrado. O silêncio das pessoas que estiveram ali era tangível. Tantos irmãos e irmãs tinham sido mortos ali.

"Ó Pai Compassivo, quantos "campos de concentração" existem ainda hoje... os campos de refugiados no Sudão, em Uganda... as
pessoas que morrem cada dia de fome, aqueles que não têm acesso aos remédios, à medicina... situações de injustiça.  Eu me senti desafiada, em minha vida confortável. Quem sou eu, que não tenho nada a ver com os sofrimentos de tantos irmãos e irmãs? Jesus, mostra-me o caminho para   a humanidade, a solidariedade."

Outro momento forte foi com os viciados em droga perto da estação do Kottbussertor. Aqui "calcei meus sapatos" outra vez. Os sapatos da compaixão e do cuidado, e pedi a Jesus para me dar os seus olhos,   seu coração seus ouvidos, sua força, para ficar nesta estação. Eles estavam bebendo álcool e trocando drogas com agilidade.  Só depois de algum tempo pude notar que eles não prestavam atenção uns aos outros.   Alguns estavam já num estado de delírio e euforia. Havia jovens, adultos, homens e mulheres. Eu era a única estranha  no grupo. Mudei de lugar várias vezes, para não chamar atenção sobre mim. Não tive coragem de falar com algum deles e eles não estavam em condições de falar com ninguém. Chegou um policial com um cachorro e o grupo se dispersou rapidamente. Voltei à   Igreja para rezar sobre esta realidade.    Uma vez mais, me senti tão insignificante, vi o quanto eu mesma sou viciada em estruturas, que me fazem cega e surda em escutar o que os outros vivem. Creio que sou mais prisioneira do que eles.   Tais pensamentos me vieram quando visitei o Centro de Detenção de Migrantes.

Antes de começar o meu retiro-de-rua eu tinha somente um desejo de estar perto do povo – ouvir, ajudar. Mas cada dia mais me convenci claramente de quão orgulhosa sou,   como coloco a mim mesma na frente dos outros, como imagino que  eu sou a única que tem algo a dar -  e assim tive que me inclinar,   abaixar minha cabeça envergonhada.  Eu sou  quem tem mais necessidade de conversão e de ajuda. Ó Pai Compassivo, quebra esta concha dura que  foi construída ano após ano.  Houve momentos em que simplesmente caí, como um verme. Somente a graça do Pai Compassivo, presente especialmente naqueles que sofrem, pode mudar-me.

 

Uma vez eu estava na Igreja e ouvi uma criança chorando.   Fui procurar e encontrei uma mãe com um bebê de 2 meses. Ela tentava sossegá-lo, mas o bebê gritava sempre mais. Então perguntei  : "Está doente?" Ela respondeu: "Eu sou a única que estou doente e   infectei a criança." Então sentei-me nos degraus da Igreja com ele, e ela me contou sua história  de muitos sofrimentos.   Como a criança não parava de chorar, ela se levantou para ir embora.  Perguntei se podia ajudá-la. "Se você quiser" A mãe tinha vindo  buscar  uma cesta básica deixada ali para os pobres.  Ela acrescentou;  "Você poderia tomar uma xícara de café comigo". Fomos à sua casa,   ela continuou sua história e me perguntou quem eu sou e o que estava fazendo em Berlin.  O bebê é grande e lindo, e se sentia bem no meu colo.   Mais tarde perguntei à mãe se eu podia rezar com ela. Experimentei a "Encarnação do Verbo" em nosso meio. Meu coração começou a arder. Quando estava saindo,   ela me deu seu endereço e pediu para eu escrever alguma vez para ela. Voltei para casa bem tarde e tentei ficar em silêncio, unida profundamente com Deus e a mãe...  Não consegui dormir, mas senti que este era o jeito de ser abraçada   por Deus e visitada por Ele na sarça ardente (Ex3,2). Esta mãe leva um grande fardo, bem como o povo no Egito,  mas em seu interior há um desejo de fazer as coisas retamente, uma busca honesta. Ela precisa de um Moisés moderno, para ser tirada do Egito como o Moisés que veio para ver, ouvir, sem sandálias nos pés (Ex 3,3).   E Deus me visitou outra vez e me disse: "Tire as sandálias do sagrado tempo de oração, de orgulho, de pontualidade." Eu me senti unida a Jesus, entrando nas casas para levar vida ao povo. Sim, Jesus, contigo desejo inclinar-me, tornar-me uma irmã  para todos, mas preciso de tua ajuda.

 

Há tantas pessoas que me têm ajudado -   cada uma é uma sarça ardente, que não se consome. A Palavra se fez carne em mim através de pessoas  e seus sofrimentos.

 

Meu Pai Compassivo, agradeço-Te por esta oportunidade. Um novo Pentecostes aconteceu em minha vida.Sim, experienciei a grandeza do Pai de infinita compaixão., que desce e se inclina para abraçar todos, com amor incondicional. Sei que o retiro não terminou – o que tenho vivido continua a me desafiar e me ajuda a viver meu seguimento de Jesus de um modo mais pobre, mais simples. Amém.

 

4. Notícias das Províncias

 

CEBU – Clarette foi uma das forças dirigentes sob o estudo bíblico regular, sessões de partilha do SVD e SSpS (e SSpS-AP) na área da Coréia. Há 3 núcleos AJF que se encontram regularmente. Dia 29 de junho de 2.006, no Santuário de Santo Arnaldo em Cebu, o Ir. Provincial Kulueke celebrou uma Santa Missa pela instalação  do novo Grupo Central: Padre.Sammy Clarin e representantes de cada núcleo.   Assim eles celebraram a distribuição da primeira edição de AJ Kabunay, o boletim mensal de Cebu, editado pelo Irmão Romy Abulad.

 

ALEMANHA – Seguindo o que  as SSpS fizeram em 2.004, as duas Províncias SVD na Alemanha serão unificadas em uma Província a partir de 2.007. O Pe. Superior Geral nos informou que o Capítulo Geral  designou Santo Arnaldo Janssen como Patrono da nova Província. " Vossa Província será a primeira e única Província que está sob a sua proteção.   Estamos certos de que ele vai ajudar esta nova Província a achar seu caminho nos desafios do futuro." Steyl pertence a esta Província.

 

POLÔNIA – Em fevereiro de 2006 em Nysa, Polônia,   Emmie e Peter conduziram um seminário de  duas semanas e meia para treinar novos membros da SATs na Europa Ocidental. SVDs e SSpS da Polônia, Eslovênia, Ukraina e Rússia participaram. O seminário era apenas na língua inglesa. Assim, de 3 a 11 de novembro 2006 alguns dos participantes conduziram um seminário em polonês no Convento da Adoração das Irmãs em Nysa. Ir. Aleksandra Huf e Ir. Veronia Mari Klebba eram as coordenadoras. Vinte e dois participantes: 6   SSpS-AP, 6 SSpS e 4 postulantes (presentes para ajudar nas coisas práticas) 3 SVD mais 3 SVD que deram palestras. No fim do seminário os que o desejaram puderam pedir para ser membros da SAT   para as três congregações.  Sua primeira tarefa será  organizar um encontro mais amplo em honra de Madre Josefa em Maio de 2007.   Antes, neste ano, Ir. Aleksandra foi nomeada coordenadora em tempo integral, para a animação espiritual na Província polonesa e na Europa Ocidental. Em junho ela fez um seminário para formadores na Eslováquia sobre "A Dimensão Trinitária da Vida Consagrada" (com Ir. Ester) e ta,mbém um seminário na Ucrânia (com Ir. Doris) para as Irmãs que se preparavam para renovar os Votos. Ir. Ester   e Ir. Doris tinham participado do nosso seminário em fevereiro.  Deram também um retiro para as Irmãs na Ucrânia.

 

U.S.A. – Em março de 2006  Pe.. Pernia aprovou  'ad experimentum' as Constituições da Associação de Leigos do Verbo Divino (Ordem Terceira Secular da Sociedade do Verbo divino. Os membros, homens e mulheres,   se comprometem  "a participar de encontros regulares em capelas locais para rezar pelas missões e para promover  e dar suporte   a vocações". Pe. José (Pip) Galang, um sacerdote diocesano (ex-SVD) em Santa Clara, Califórnia, é a pessoa de contato do grupo. Email: jpgoepip@yahoo.com

 

5. Palavras animadoras – Capítulo Geral SVD


Diferente dos dois Capítulos anteriores, o Conselho Geral tinha decidido que os informativos das instituições do Generalato não seriam apresentados, porém, deveriam estar cobertos apenas pelo relatório do Superior Geral – e isto incluía a CEAJ. Entre outros pontos, o Superior Geral marcou no seu relatório:

"Creio que as atividades da CEAJ ajudaram a nutrir as mesmas convicções básicas entre nossos membros – por exemplo, que a animação espiritual é um desafio permanente para nossas Congregações, que a espiritualidade da família de Arnaldo precisa ser uma espiritualidade missionária, que uma autêntica espiritualidade missionária pode ser desenvolvida   revivendo os principais elementos da herança espiritual de nosso Fundador e da geração fundante, e que  a animação espiritual   é uma das principais tarefas da liderança de nossas Congregações."

 

"Não há dúvida sobre a necessidade de contínua renovação espiritual na SVD. Por renovação espiritual, penso especialmente no esforço para alcançar maior harmonia entre os dois aspectos de nossa vocação, isto é, o aspecto religioso e o missionário. Como religiosos-missionários nós sempre corremos o risco   de separar os dois aspectos de nossa vocação – vivendo nossa vida religiosa sem referência à nossa missão ou fazendo o nosso trabalho missionário sem referência ao nosso compromisso religioso."

 

 O documento do Capítulo afirma: "Nós apoiamos o trabalho do CEAJ e recomendamos que maiores esforços sejam feitos para cultivarmos junto com as SSpS e as SSpS-AP   uma espiritualidade contemporânea que esclarece ambos os aspectos missionário e contemplativo de nossas vidas." (# 32)

 

O Capítulo também resolveu: "que dentro dos próximos 3 anos o Generalato, com a ajuda do CEAJ   e em consulta com as Províncias, publique uma versão aprovada das  Orações de nossa Sociedade (Oração do Quarto de Hora), devoções, celebrações litúrgicas e outras" para uso em nossas comunidades e também em nossas paróquias, escolas e outras comunidades de apostolado." Não há dúvida de que muitos de vocês serão consultados para completar este projeto.

 

BOLETIM CEAJ – Além de ser mencionado no relatório do Superior Geral, a Equipe Central sentiu que cada Provincial e Regional devia receber um breve relatório   escrito sobre o CEAJ, desde o Capítulo Geral de 2.000. O relatório que foi dado a todos os Provinciais e Regionais é acrescentado a este Noticiário e é enviado no 'folder' AJSC   no 'website' do Generalato SVD em inglês e espanhol (e português).

 

    

6. Atividades do CEAJ – Junho a Dezembro de 2.006

 

Irmã Franziska continuou a dar os retiros contemplativos; deu 5   retiros em diferentes partes da Europa. Deu vários retiros e seminários sobre a nossa espiritualidade no Brasil.  Infelizmente, devido a uma enfermidade durante sua estadia no Brasil, o retiro planejado para SVD no Equador teve que ser cancelado. Em preparação para a eleição da Provincial e seu Conselho na Alemanha, Ir. Franziska conduziu sete curtos seminários sobre Discernimento. O Terciato SSpS deste ano era para Irmãs de língua alemã; então Ir. Franziska esteve muito ocupada, dando um seminário sobre a nossa espiritualidade e ajudando no   retiro dirigido.  Mike e Simon ajudaram, celebrando as Missas.

 

Mike e Simon conduziram o programa de meia semana para o Terciato SVD em Steyl. Mais tarde, em outubro, Peter, Emmie e Simon ajudaram nos retiros dirigidos para o Terciato, e para o Curso Bíblico Dei Verbum em Nemi.

 

No Capítulo Geral SVD, de 4 de junho a 8 de julho, Mike foi o principal moderador. Peter foi membro da Segunda comissão preparatória e serviu como gerente de serviços gerais durante o Capítulo.

 

Emmie voltou para casa na Índia no começo de julho e partiu logo depois com Peter para conduzir o retiro de 30 dias para o Curso Internacional de Formadores nas Filipinas. Nós tentamos fazer o retiro fluir mais em linha com nossa espiritualidade missionária.

 

A Província da Eslováquia celebrou seu jubileu de 75 anos e pediu à Equipe para conduzir 3 seminários sobre Missão, Re-leitura dos Votos Hoje, e a espiritualidade de liderança. Peter, Emmie e Simon deram os seminários e conduziram um retiro dirigido em inglês e alemão. Peter deu também um 'retiro-pregado' para a Província SVD na Suissa.

 

7. Publicações S.Sp.S.

 

Como preparação para a sua beatificação, o Generalato SSpS enviou breves reflexões sobre a importância de Madre Josefa para nós   hoje. 

A última é de nº 6: "Nós éramos um coração e uma alma" – uma conversa entre Madre Josefa e Madre Maria.

O Generalato SSpS enviou várias publicações sobre a bem-aventurada Maria Helena, Madre Josefa e os primeiros dias em Steyl.   Junto veio uma lista das publicações, no caso de algum SVD desejar ter cópias para as bibliotecas de suas comunidades.  Para isto, faça contato com a Provincial ou Regional ou o Generalato.

 

8. Mantendo contato

Continuamos publicando artigos no AJSC Folder, que é a área pública no website do Generalato: htpp://www.svdcuria.org Clique no site Map/Mapa del sitio, depois clique em AJSC-CEJ. Você pode ler   e imprimir o material.

 

Se você tiver material (artigos ou módulos de programas) que possa ser útil no trabalho de animação espiritual, por favor, mande para nós, para que possamos enviá-lo pela internet,para que outros passam ter acesso a ele. Por favor, envie também notícias sobre os programas   que você tem dado, usando o seguinte endereço: ajscsteylgmail.com

 Nós esperamos ouvir algo de você. Com melhores votos para seu trabalho,

 

Franziska Carolina,   Emmie,   Simon,   Peter  e    Mike